QUE A LUTA SE AUTO-ORGANIZE

Toda a luta deve ser auto-organizada. Com aqueles que sofrem os mesmos problemas que nós, podemos criar grupos, assembleias, movimentos, e lutar directamente, sem recurso a intermediários, tendo ao nosso lado apenas iguais, não renunciando a métodos, que continuam a provar a sua eficácia, como as manifestações, as concentrações, e, acima de tudo, a solidariedade e o apoio-mútuo entre os que estão em luta.
tags:
publicado por António Veríssimo às 14:32 link do post | comentar | favorito